top of page

Orientações de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC)

Pesquisas realizadas na Licenciatura em Artes Visuais (DAV-UDESC)

Diários e suas trajetórias na formação docente em Artes Visuais

JOVIANA JENSEN 

Resumo:

O presente trabalho pretende discutir a importância do uso do diário como instrumento de estudo, trabalho e pesquisa, no decorrer da trajetória do curso de Licenciatura em Artes Visuais da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Por meio de registros visuais ou escritos, buscou-se, no suporte do diário, uma maior compreensão dos processos artísticos e pedagógicos do sujeito em formação, no intuito de uma contínua autoavaliação do artista e educador. Pela elaboração de estudos, planejamentos ou projetos poéticos no diário, torna-se possível a reflexão crítica sobre a própria prática docente e artística, o que permite uma ressignificação consciente da própria experiência no âmbito da arte, da escola e da vida.

 

Palavras-chave: Diário, Experiência, Licenciatura em Artes Visuais.

Como borboletas: o queer, a arte e o jogo

NATALIA MENDEL FABRIS

Resumo:

Em uma realidade ainda violenta para a comunidade LGBTQIA+ no contexto brasileiro, é fundamental discutirmos a presença e o acolhimento das crianças/jovens queer nos ambientes escolares. Um dos grandes objetivos do trabalho é apresentar o mundo queer ao profissional da educação e propor debates sobre como a escola recebe estes jovens e contribui para seu crescimento seguro e saudável. Analisando o jogo como um dispositivo pedagógico, este projeto se concretiza neste formato educativo. Voltado à professores e coordenadores de escolas, ele serve como um glossário que aborda temas como gênero, sexualidade, questões sociais sobre o corpo e o indivíduo queer. Ele se utiliza de imagens de dispositivos artísticos para disparar provocações e atravessamentos sobre o tema, visto a urgência e necessidade de naturalizarmos o assunto nestes espaços, visando relações interpessoais mais saudáveis e não preconceituosas.

Palavras-chave: Queer; Ensino de Artes Visuais; Jogo Educativo; Kuir; LGBTQIA+.

Escritos do corpo e da memória de uma professorartista

MARINA DE MORAES DOS SANTOS

Resumo:

Este Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) intitulado “Escritos do corpo e da memória de uma professorartista” compreende uma pesquisa sobre os processos de formação na Licenciatura em Artes Visuais a partir do meu relato de experiências de atuação nos Estágios Curriculares Supervisionados. As fontes utilizadas para desenvolver esta investigação foram as memórias desse percurso. Assim, para narrar essas memórias, proponho a construção de um corpo de professorartista, que se constitui em quatro partes: Cabeça, Abraço, Coração e Memórias Vivas. As partes desse corpo contam as experiências que vivi em cada um dos quatro Estágios e apontam reflexões desenvolvidas no caminho. Ao rever essas memórias e construir outras, abordo a relevância da afetividade, do diálogo e da amorosidade na construção desse estar/ser professorartista.

Palavras-chave: Ensino das Artes Visuais. Estágio Curricular Supervisionado. Corpo. Memória. Professorartista.

Reflexões sobre o ensino da Arte Contemporânea

LEONARDO JOSÉ KOCH VIRICIMO

Resumo:

O presente Trabalho de Conclusão de Curso tem como objetivo refletir sobre o ensino de Arte Contemporânea partindo de experiências docentes do autor que ocorreram no Estágio Curricular Supervisionado IV e no projeto de Residência Pedagógica, ambas no contexto da Licenciatura em Artes Visuais da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Para contextualização sobre estas experiências, elaborou-se um recorte sobre a definição de Arte Contemporânea através de autores como Arthur C. Danto (2003), Lucy Lippard e John Chandler (1968) e Cristina Freire (1999). Para elucidar a abordagem pedagógica empregada durante as experiências docentes, realizou-se um estudo teórico com base nos autores Maria Cristina Bosco (2011), Maria Cristina Pessi (2008), Ana Mae Barbosa (2017, 2010), Mirian Celeste Martins (2011, 2006) e Paulo Freire (2019). A pesquisa também estabeleceu reflexões através de um questionário realizado por meio de formulário eletrônico com três professoras atuantes nos anos finais do Ensino Fundamental, que revelaram dados sobre sua formação e suas metodologias no que tange o ensino de Arte Contemporânea. Deste modo, a aparente complexidade e a visualidade múltipla da produção na Arte Contemporânea foram a questão motriz para nesta monografia refletir sobre como desenvolver este tema dentro do ambiente escolar. A construção deste trabalho direcionou à percepção de que através do ensino da Arte Contemporânea é possível desenvolver a curiosidade do educador e do educando em busca de um ensino crítico que dialoga com a sociedade em que vivemos.

Palavras-chave: Arte Contemporânea, Ensino de Arte, Formação inicial.

Álbum: memória e narrativa a partir da fotografia familiar

BÁRBARA CREMASCO NAPOLITANO